quarta-feira, 29 de junho de 2011

Quando ajudamos, tudo flui ao nosso favor.



Um dia eu descobri que para fazer a caridade não é necessariamente dar dinheiro, comida...
Muitas vezes um abraço, alguns momentos de carinho e atenção, um sorriso ou até mesmo um aperto de mão, é ajudar ao próximo sendo caridoso.
Comecei a prestar mais atenção aos que estavam a minha volta e percebi o quanto estava sendo egoísta, pensando somente nos meus problemas, nas minhas dívidas, nas angustias e aflições que me consumia.
Finalmente encontrei o remédio para minhas dores, SERVIR.
Quando servimos esquecemos nossas angústias e aflições, enxergamos que nossos problemas, perto dos problemas alheios são muito pequenos, e que na maioria das vezes estamos fazendo tempestade em um copo d’água.
Existe um ditado que diz: “Se todo mundo jogasse seus problemas em praça pública, para que outros pudessem pegar, todo mundo acabaria escolhendo seus próprios problemas.”
Isso mostra que Deus não dá uma bagagem maior do que aquela que podemos carregar. Encontraremos sempre a solução de nossas angústias.
Comece a ter essa atitude, sempre que tiver com problemas, coloque-os um pouco de lado e vá ajudar alguém que com certeza lhe achará muito importante e essencial, provavelmente você conseguirá encontrar nas palavras dirigidas a ele, solução dos seus problemas.

E lembre-se quanto mais praticar o bem, ele se tornará um hábito.

Autora:Ciléia Ferreira

Fique na PAZ DE DEUS

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Comece o dia diferente.



Quantas vezes ao acordar já nos encontramos em estado de stress e reclamação?
Quantas vezes nem nos lembramos de agradecer a Deus pelas grandes possibilidades que Ele nos deu. Como por exemplo: andar, falar, ver, ouvir, pensar e poder expressar esses pensamentos?
Mas não, estamos todos sempre a pensar somente no que não temos.
Meus queridos vamos nos policiar ao reclamarmos de alguma coisa, e sempre que pensar em fazer isso reflita por alguns segundos, sobre aqueles que têm muito menos do que você e consegue encontrar a felicidade nas simples coisas da vida.
Utilize as forças que você dispensa ao reclamar, para investir em simplesmente ajudar alguém com algumas palavras de conforto, fazendo isso você perceberá o quanto és abençoado por Deus e o quanto tem a oferecer.
Colocando isso em prática todas as vezes que você pensar em reclamar, irá absorvendo e logo se tornará um hábito agir desta forma.
Vamos, a partir de hoje sei que as coisas se tornarão mais fáceis de lidar, porque afinal nosso Senhor não iria nos dar um fardo maior, do que aquele que podemos carregar.

Ciléia Ferreira

quarta-feira, 8 de junho de 2011

A esperança




Onde há vida, haverá sempre esperança.
Como não acreditar nestas palavras?
Como acreditar que Deus em sua suprema sabedoria iria deixar-nos entregues a nossa sorte?
Não meus caros!
A vida é muito mais que nossos olhos podem ver, ela está além dos nossos conhecimentos tão limitados e que por isso somos impedidos de ver o que está por vir.
Porem cabe mesmo a nós, seguirmos confiantes mesmo diante das mais difíceis provas, mesmo que tudo pareça estar contra nós, Deus estará sempre do nosso lado, nos acompanhará e protegerá.
Contudo se não mantermos a esperança de que, no final tudo será para o nosso bem, dificilmente conseguiremos continuar e pararemos no meio do caminho.

“Hoje pude conversar com uma querida amiga, e ouvi-a dizer o quanto sua vida é difícil e cheia de sofrimento. O máximo que pude dizer foi que, sua vida será melhor amanhã, e que seus sofrimentos irão diminuir sempre que ela confiar mais nos propósitos de Deus”.

É difícil encarar nossos problemas de frente e aceitar que somos cúmplices deles, mas estar em nossas mãos às ferramentas para que as mudanças aconteçam.

Tenham esperança meus queridos e quando o coração tiver bem apertado pronto para o desespero, peça, ore, reze, clame para Deus e o remédio desse sofrimento será mostrado a você.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

A mudança



Mudar demora, incomoda, parece que nunca vai ser concluir.
Mas nunca vai se concluir mesmo! Ela acontece aos poucos, bem devagar, muitos quase nem a percebe.
Na fase dos meus 18 anos acreditava que Ela (a mudança) seria extremamente desnecessária, achava que já tinha formado minha personalidade, caráter e dizia com precisão “sei quem sou, em que acredito e nada conseguirá mudar-me” ledo engano. A vida o tempo todo nos coloca diante de situações, lições e testes, cabe a nós decidirmos se insistiremos em continuar no mesmo ponto de partida.
Hoje graças a Deus permito-me mudar, olho a vida por outro ângulo, não me traz mais nenhum prazer provar que estou tão certa do que penso, ao ponto de julgar que nenhuma outra opinião possa ser válida. Atualmente faço mesmo é questão de ouvir, muito mais que falar (aprendi isso também), porém com um filtro que auxilia-me no discernir das informações importantes, pontos relevantes ou equívocos.
Antes, jurava para mim mesma “não mudarei de opinião nunca, porque estou certa do que sei”.
Agora, juro para mim mesma “mudarei de opinião sempre que julgar necessário, porque estou certa que nada sei”.
Na fase atual dos meus 28 anos, acredito que Ela me impulsiona, estimula e instiga para viver, e viver é poder sugar todos os ensinamentos escondidos em uma experiência, mesmo aquela que parece vaga sem conteúdo algum, nessas, os ensinamentos está onde só aqueles que estão atentos poderão deslindar.
Ciléia Ferreira


“Venha mudança me tome, mas não me iluda, me ganhe, mas não me ludibrie e assim caminharei de forma prudente para as surpresas que me aguardam”.

“Quando queremos mudanças, temos que nos propor a mudar de atitude”.
(Autor desconhecido)

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Assim rezava Gandhi




Ajuda-me a dizer a verdade diante dos fortes, e a não dizer mentiras
para ganhar o aplauso dos fracos.
Se me dás êxitos, não tires a humildade.
Se me dás humildade, não me tires a dignidade.
Ajuda-me sempre a ver a outra face da medalha.
Não me deixes culpar de traição a outrem por não pensar como eu.
Ensina-me a querer aos outros como a mim mesmo.
Não me deixes cair no orgulho se triunfo, nem no desespero se fracasso.
Mas, antes, recorda-me que o fracasso é a experiência que precede o triunfo.
ensina-me que perdoar é um sinal de grandeza e que a vingança
é um sinal de baixeza.
Se me tiras o êxito, deixa-me forças para aprender com o fracasso.
Se eu ofender a alguém, dá-me energia para pedir desculpas, e se alguém me
ofende, dá-me energia para perdoar.
Senhor, se me esquecer de ti, nunca te esqueças de mim!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Um dia você aprende

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que se leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você é na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que você mesmo pode ser. descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso. Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não lhe dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar isso. Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás. Portanto,plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar. Este texto tem algumas partes escritas por William Shakespeare mas sofreu algumas alterações.